Minicursos

OBS: A inscrição em minicursos pode ser realizada aqui, com valor único de R$ 30,00

Música dos Blocos Afro da Bahia

Mestre Mario Pam (Ilê Aiyê/Tambores do Mundo)

Os ritmos dos blocos afros são fundamentados nos ritmos oriundos das religiões de matriz africana, fazem parte da construção da música brasileira e são utilizados em todas as partes do mundo. O minicurso analisará o contexto histórico, o envolvimento social, as técnicas de execução, as transcrições em partituras; além disso, promoverá prática musical perpassando por alguns ritmos, utilizando os tambores afro-baianos.

 Criação musical em espaços de ensino coletivo

Eric de Oliveira Barreto (IFBA)

O minicurso tem por objetivo trabalhar algumas abordagens para o ensino/aprendizagem de criação musical em ambientes coletivos: abordagens livres, paramétricas e interativas. Para tanto, utilizará instrumentos musicais (dos próprios inscritos) e recursos digitais disponíveis no ambiente disponibilizado, enfatizando as possibilidades de criação com computadores e smartphones, além das interações entre instrumentos digitais e acústicos. Tem como público alvo professores, estudantes de música e demais interessados em trabalhos de criação musical em espaços coletivos.

Educação Musical e Danças Brasileiras

Isis Carla Matos Cardoso (FUNCEB)

Mesclando os elementos da dança aos elementos da música, serão propostas atividades práticas que desenvolverão a percepção musical, espacial e a consciência corporal. Perpassando tais atividades serão tecidas reflexões acerca da Educação Musical através do estudo das danças brasileiras.

OBS: Os inscritos deverão estar trajando roupas confortáveis para realizar atividades corporais

Experiências afro-indígenas na educação musical: um olhar sobre as leis 10639/03 e 11645/08.

Valnei Souza Santos (UFBA)
Marcos Santos (UFBA)

Promoção de discussão e debate sobre as proposições trazidas pelas Leis 10.639/03 e 11.645/08 dentro da perspectiva do ensino de música e o desenvolvimento de atividades que possibilitem a implementação das referidas leis em sala de aula.

Ensino de música em classes hospitalares e domiciliares

Eudes Oliveira Cunha (SEC/ssa; UCSAL)
Rosângela Silva do Carmo (SEC/ssa)

Serão abordadas e discutidas questões referentes a esse contexto educacional, quais sejam: perspectivas teóricas sobre classe hospitalar e domiciliar; legislação e diretrizes para a implementação das classes hospitalares e domiciliares no Brasil;  experiências de implementação dessa modalidade educacional na rede municipal de ensino de Salvador; planejamento, estratégias metodológicas e recursos didáticos para os processos de ensino e aprendizagem em música nesse contexto; perfil dos alunos-pacientes e especificidades dos espaços hospitalares e domiciliares; representações sociais dos profissionais que atuam em hospitais sobre o ensino de música.

Vivências Musicais Indígenas Pankararu

Andeson Cleomar dos Santos (UFBA)
e integrantes do Grupo Estudos Contemporâneos em Música – GECOM/UEFS

Por meio de vivências musicais como toantese torés, provenientes do povo Pankararu (PE), o minicurso tem como objetivos apresentar possibilidades pedagógicas a serem trabalhadas na escola e/ou em outros espaços de ensino-aprendizagem, além de desmistificar visões estereotipadas das culturas indígenas e dialogar com a Lei 11.645/08, que determina a inclusão dos conteúdos indígenas no currículo escolar.

Práticas musicais para bebês e crianças

Regiane Carvalho  (Ciranda Educação Musical; Escolas Módulo Criarte; Arca)

Vivências musicais para bebês e crianças (de 0 a 6 anos) através de atividades lúdicas com ênfase nas culturas afro-brasileiras e indígenas.

Construção e práticas musicais com Instrumentos Musicais Alternativos

Sandro Silva (Colégio Colomba Dalto)

O ponto de partida do minicurso será a discussão em torno da reutilizaçãode materiais por meio da reciclagem, que dará suporte para a construção de Instrumentos com materiais alternativos, afinação de instrumentos com água, arames, entre outros recursos e a elaboração de arranjos, executados por instrumentos alternativos através da prática em conjunto com os participantes.

Ritmos de Bahia e Cuba: prática percussiva comparativa através da “clave

José Izquierdo (Pracatum – Escola de Música e Tecnologias)

O minicurso propõe a prática percussiva comparativa de ritmos de matriz africana inseridos nas músicas baiana e cubana, dois polos importantes dentro da percussão latino-americana, através das “claves”. A partir da execução de alguns ritmos como Congo, Makuta, Palo, Latopa, Samba, Rumba, Samba afro, Ritmos da avenida e Merengue, também será proposto conhecer a história, desenvolvimento e técnicas musicais específicas dos mesmos para serem aplicados no contexto da sala de aula.

Cria de Banda: a prática de ensino aberta à pluralidade

Celso Benedito (UFBA)
Antonio Carlos Neves Baptista Junior (UFBA)

O presente minicurso tem por proposta promover reflexões e discussões sobre a transmissão das práticas musicais e de aprendizagem das filarmônicas e como essa arte vem se articulando com variados contextos educacionais.

Anúncios